IMPRENSA

ISD-Brasil participa do projeto CMM-10 do C.E.S.A.R - Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife

Carlos Alberto Caram, diretor executivo da ISD-Brasil (Integrated System Diagnostics Brasil), primeiro brasileiro autorizado a conduzir avaliações de CMM, é um dos palestrantes do Projeto CMM 10 organizado pelo C.E.S.A.R- Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife. O C.E.S.A.R conta com a ISD-Brasil para a condução da consultoria e treinamento para as empresas participantes. O evento acontece em 20/03, quinta-feira, às 18h, no Torre Malakoff.

Caram defende uma mudança na forma como se desenvolvem softwares. Essa mudança, segundo ele, deve ser essencialmente gerencial e não somente técnica. "As empresas têm que criar processos que transformem o desenvolvimento de software em operações controláveis e previsíveis, entregues nos prazos, dentro dos custos esperados e atendendo a padrões de qualidade acordados com os clientes", afirma.

A análise de Caram tem como base os modelos CMM (Capability Maturity Model). O CMM surgiu no âmbito do Departamento de Defesa americano, cujas ações, pela importância estratégica e natureza crítica, não toleram falhas em processos. Para garantir-lhes a integridade e a precisão, o departamento criou o Software Engineering Institute (SEI), centro de pesquisa e desenvolvimento que tem a missão de melhorar a prática na área de engenharia de sistemas.

"De fato, a lógica do CMM, como a própria denominação sugere, é fazer com que as empresas busquem a maturidade de seus processos, num caminho de aperfeiçoamento constante, baseado nas melhores práticas vigentes", explica Caram. "Assim, o CMM prevê que as empresas atinjam níveis de maturação que vão de um a cinco. No Brasil só há dezesseis empresas em níveis dois e três de maturidade", conclui.

Sobre a ISD-Brasil
No Brasil há três anos, a ISD-Brasil é subsidiária local da americana ISD-Integrated System Diagnostics e conduz a adoção de CMM. A ISD é a primeira empresa internacional, atuando na América do Sul, focada exclusivamente em qualidade de processos baseada em modelos. Atualmente, 80% das empresas que possuem organizações em níveis oficiais de maturidade do CMM no país são clientes da ISD-Brasil, entre elas 100% das fábricas de software e 100% das que possuem capital nacional. A ISD-Brasil tem escritórios em São Paulo e Brasília e conta com uma equipe de consultores especializados, cuja experiência abrange a implantação de qualidade de processos em diversas organizações dos setores financeiro, industrial, de serviços, de telecomunicações, além de fábricas de software, institutos de pesquisa, pequenas empresas, entre outras.

Últimas Notícias

30/06/2016 - Prime IT renova o nível de maturidade 3 do CMMI – DEV

28/05/2016 - E-VAL Conquistou Novamente a Classificação CMMI

23/11/2015 - ISD Brasil fecha Parceria para Assessoria em PLM com Cadware -Technology

07/09/2015 - Como comprovar a autenticidade da certificação CMMI®

23/03/2015 - CCEE – Qualidade em seus processos

08/05/2014 - Amcom de Blumenau conquista nível 3

30/07/2013 - E-VAL Tecnologia atinge o nível 2 do CMMI

30/01/2013 - T-Systems do Brasil recebe recertificação CMMI Nível 3

11/12/2012 - Arthur Valle ministra o 100º curso de CMMI oficial da ISD Brasil no país

07/02/2012 - André Pinho, da ISD Brasil, é certificado avaliador de alta maturidade